Custom Pages
[vc_separator type='transparent' color='' thickness='' up='20' down='7']
Portfolio
[vc_separator type='transparent' color='' thickness='' up='20' down='7'] [vc_separator type="transparent" position="center" up="12" down="16"]
 
primavera o-mundo-ao-contrario

OS DIAS QUE VIVEMOS

Hoje é o primeiro dia de primavera. Embora esteja a chover, a natureza já começou a despontar e por todo o lado flores e folhas desabrocham indiferentes à condição humana. É curioso como os papéis se invertem: o homem recolhe às suas casas e  vê-se forçado a hibernar  para se proteger a si e à espécie, enquanto a Natureza sai à rua e segue livre e despreocupada o seu caminho natural. Muitos países, sendo a China um dos mais significantes, registam neste momento níveis de poluição reduzidos, a qualidade do ar por todo o mundo melhora. São boas notícias para a humanidade e para o planeta.  No entanto, para que tal aconteça, milhões de pessoas vão perder os seus empregos, vão passar dificuldades, muitos ainda mais do que as que já viviam e o pior de tudo, milhares pelo mundo inteiro já perderam a vida. Em Itália e Espanha vivem-se situações dramáticas, outros para lá caminham. Nenhum de nós tem neste momento certezas. Vivemos o dia a dia isolados, com medo, sujeitamo-nos pacientemente às filas dos poucos estabelecimentos que estão abertos. Isolados em casa, tentamos manter alguma rotina, mas todas as rotinas foram alteradas, estamos a reaprender a viver uns com os outros, não faltam sugestões para passar o tempo, porque tempo é o que não falta aos que estão saudáveis. A maioria de nós foi forçada a parar, e podemos refletir no que as sociedades modernas se tornaram, no que nos tornámos, para muitos o dia a dia era uma correria louca, sem tempo para viver.  Pergunto-me  como vai ser  quando tudo isto acabar, como vamos prosseguir com as nossas vidas? Vamos voltar à indiferença em que vivíamos, vamos ser mais ou menos solidários? Vamos poder manter os nossos empregos e sustentar as nossas famílias? Como vai ser o dia de amanhã? Por todo lado há mensagens de esperança, vamos ficar todos bem! Assim seja, que fiquemos todos bem. Para já a natureza segue o seu curso.

No Comments

Post A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.