Custom Pages
[vc_separator type='transparent' color='' thickness='' up='20' down='7']
Portfolio
[vc_separator type='transparent' color='' thickness='' up='20' down='7'] [vc_separator type="transparent" position="center" up="12" down="16"]
 
Carpintaria

Aproveitar e Reciclar

Às vezes olho para um móvel que já não se enquadra na decoração da casa, mas até dá jeito para arrumação, ou com a cara lavada ganhar uma nova vida noutra divisão.  Adoro o processo de reciclagem. Ao longo dos anos tenho readaptado mobílias e objetos de decoração que deixaram de fazer sentido.

Esta janela é um exemplo das minhas experiências. Encontrei-a na rua, levei alguns meses para a recuperar. Foi preciso decapar, lixar e pintar de novo. A ideia inicial era colocar fotografias, mas a meio do processo decidi pôr espelhos. O resultado está à vista; outrora uma janela empenada,  cansada e sem graça, foi durante anos o cartão de visita da casa. Entretanto já migrou para outro espaço.

Esta cómoda estava na garagem quando vim morar para esta casa. Estava muito degradada. Foi necessário substituir os fundos das gavetas e a parte de trás. Levou meses até chegar ao resultado final. Inicialmente nem sabia bem onde a iria colocar, mas achei-lhe piada e não a deitei fora. Acabou por fazer de mesa de cabeceira, mais tarde encontrou morada no quarto de brinquedos e há dois anos ofereci-a. Teve uma boa vida cá em casa.
Forrei o interior das gavetas com tecido utilizando técnicas de cartonagem e o exterior foi foram forrado com papel, criando um padrão de patchwork  rematado com fitas. No final coloquei uns puxadores.

Como inspiração, selecionei algumas imagens do Pinterest.

Outros exemplos de móveis reciclados. Fonte: pinterest

Outro exemplo é este armário de prateleiras. Comprei-o em 2ª mão sem saber  qual o seu destino, apenas achei que tinha potencial. Estava pintado de salmão, a cor não me dizia nada, até me incomodava. Decapei-o e lixei-o. À medida que ia sendo lixado e a tinta saía, gostei tanto da cor natural da madeira que o deixei assim. Apliquei um verniz protetor e  pintei os puxadores (são os originais). Está no atelier de Costura e guarda linhas, agulhas, botões, fitas, tecidos, etc.

No Comments

Post A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.