PORQUÊ UM BLOG?

Porquê um Blog?

PORQUÊ UM BLOG?

Esta ideia de criar um blog já é antiga. A verdade é que interiormente sempre arranjei desculpas para não o fazer, a maior delas a falta de tempo… 

 

Há umas semanas a minha filha mais velha mostrou-me um documentário da Netflix – Broken- Episódio 4 : A farsa da reciclagem. sobre o tema do plástico. Fiquei aterrorizada!!!

Desde então,  cada vez que olho à minha volta, não vejo outra coisa. Ok, já tinha visto as imagens dos oceanos, desde o início de 2019 que a fobia ao plástico aumentou, mas continuava na minha:  faço reciclagem há muitos anos, por isso contribuo para um mundo melhor, verdade? Não é bem assim. Parte do plástico que colocamos no ecoponto vai parar ou a uma incineradora ou aos rios e oceanos com as consequências que todos conhecemos. Tenho vindo desde então a adotar ainda mais conscientemente algumas medidas de redução de plástico e lixo. Sei que tenho um longo caminho a percorrer.

Reciclar, Reduzir, Reutilizar:

Constatei que faço 4 a 5  as viagens por semana ao Ecoponto (plástico).  Pretendo reduzi-las para 1 por semana ou menos.

A minha epopeia de redução começou há anos, mas ainda é manifestamente insuficiente; há anos que faço os meus detergentes,  substituí caixas de plástico por vidro, comprei escovas de dentes de bambu, aderi aos sacos de rede e algodão para frutas, legumes e frutos secos, acabei com o algodão desmaquilhante descartável e passei a usar tecido de algodão lavável.  Estava  convencida que tinha uma grande consciência ambiental mas afinal ainda estou no início… O meio ambiente é debatido cá em casa com regularidade, até porque tenho 2 filhas jovens, e esta geração está realmente preocupada com o futuro do Planeta e as consequências da ação humana.

Caneca Personalizada o-mundo-ao-contrario

Não me vou tornar fundamentalista, até porque o plástico é necessário em muitos sectores de atividade, mas aos poucos ambiciono reduzir a pegada da minha família ao mínimo de desperdício.

Para que conste: em casa não tenho painéis solares, conduzo um carro a gasóleo,  o aquecimento provém de combustíveis fósseis… Ainda não vai ser em 2020 que a situação se vai alterar. O Zero Waste é uma meta difícil de atingir.

Posto isto, o desafio é  reduzir mensalmente pelo menos 1 coisa, preferencialmente mais,  quer seja comprar mercearias a granel, mudar para esponjas de limpeza biodegradáveis, aproveitar melhor as sobras de comida (deitamos muita coisa fora…), enfim, vai ser uma viagem longa, com pequenas conquistas diárias. É aqui que entra o Blog, para me obrigar a cumprir (como no filme Julie and Julia). No fim o planeta agradece, pois considero que a consciência deve partir de cada indivíduo, e as nossas ações têm consequências. A culpa não é dos outros, sei que a minha pegada ecológica já vai longa.

Pelo meio, vou falando de outros temas do dia a dia.

Yogurt Nest

A nova fase da minha aventura começou dia 1 de  Dezembro passado com a  visita anual ao mercado de Natal do Campo Pequeno onde comprei uma Yogurtnest (uma bolsa onde passei a fazer iogurtes). Vida Sustentável – Yogurtnest

É uma iogurteira multifunções!

4-em-1: Iogurteira não eléctrica, estufa slow cooker, ninho para levedar a massa e mala térmica!

Descobre mais aqui: https://yogurtnest.com/

 Está a pensar em criar um Blog, um canal Youtube, já é Blogger? Quer partilhar a sua experiência? Deixe o seu comentário. Obrigada e até breve. 🙂

No Comments

Post A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.